pt Portuguese
en Englishfr Frenchiw Hebrewpt Portuguesees Spanish

Vayechi

A Importância De Manter Uma Promessa

ESTA SEMANA LEMOS A PARASHÁ VAYECHI, A ÚLTIMA DO LIVRO DE BERESHIT.

Moshe lembrou-se da promessa

No final da porção está escrito que José faleceu com 110 anos. Mas ele alertou ao povo e os fez prometer que, quando D’us Se lembrar deles e eles estiverem saindo do Egito, “Vehaalitem et atsmotai mizê” (“Vocês deverão levar meus ossos daqui”). E assim foi. Nós sabemos que o Talmud nos conta, que quando chegou a hora da saída e todos os judeus estavam preocupados com os despojos do Egito, Moshé lembrou-se da promessa, mas ele não sabia onde estava o caixão de Yossef. Assim, a única pessoa da geração de José que ainda estava viva era uma mulher chamada Serach, filha de Asher, neta de Jacó.

Chamado de Moshe no Nilo

Moshé foi até Serach e perguntou: “Onde está Yossef?” Ela respondeu: “Eu me recordo que o colocaram em um caixão de chumbo lacrado, e o caixão foi colocado dentro do Rio Nilo”. Moshé aproximou-se do Nilo e disse: “Yossef, Yossef! Chegou a hora de a gente sair do Egito. A redenção chegou. D’us está cumprindo Sua promessa e nós também queremos cumprir a nossa promessa. Apareça, Yossef, se não nós estaremos isentos de nossa promessa!”

Guematria de Yossef e o Nilo

Imediatamente o caixão de Yossef subiu à superfície e foi levado, como sabemos, para ser enterrado em Israel, na cidade de Shechem (em árabe, Nablus). É interessante notar que a palavra “Yossef” tem o valor numérico de 156, que é o mesmo valor da palavra “Nilus”, que é o rio Nilo. Foi Yossef que abençoou o Nilo na época e salvou a humanidade da grande fome que ocorreu no Egito. Por isso os dois têm o mesmo valor numérico, lembrando que foi Yossef quem resolveu o problema dos anos de fome no Egito.