O Rebe de Lubavitch enfatizou que usando a tecnologia a favor da Torá, permite-nos fortalecer o intuito de disseminar os ensinamentos milenares judaicos.

Assim se cumpre as palavras de nossos sábios (Ética dos Pais 6:11): “Tudo o que o Santo, bendito seja, criou em Seu mundo, criou exclusivamente para a Sua glória”, pois foi dito (Isaias 43:7): ‘Tudo o que é chamado com Meu Nome, na verdade, é por Minha glória que Eu o criei’”.

Usando a tecnologia a serviço de D’us, isto é, usando a tecnologia a favor da Torá cumprimos uma mitsvá. Mas, além disso, constatamos que a internet facilita o contato com pessoas extremamente distantes. Pessoas afastadas tanto física quanto espiritualmente.

Isto em si permite então que os ensinamentos judaicos cheguem longe. Inclusive até aqueles que se encontram afastados das ideias e dos conceitos judaicos.

Usando a tecnologia a favor da Torá para levar as fontes para fora

Cumpre-se, desta forma, uma condição essencial para apressar a chegada da tão almejada época messiânica. Conforme o próprio Mashiach disse para o Baal Shem Tov, que ele viria quando as fontes dos ensinamentos místicos se espalharem até os lugares mais distantes espiritualmente. E isso a tecnologia vem mostrando que é capaz de fazer de um modo amplo e escalável.

Hoje em dia, a rede e seus usuários sérios são frequentemente bombardeados por mensagens de conteúdo duvidoso. Mas não só isto, pois esse conteúdo é também imoral e, no mínimo indecente. Devemos pois nos dedicar a contrabalançar esta praga. A princípio, podemos permitir aos usuários da rede navegar em águas limpas e transparentes. Assim é a água pura da Torá, conforme as palavras do profeta: “Ah! Todos aqueles que têm sede, que vão até a água!” (Isaías 55:1).

Assim, que seja a vontade de D’us que brevemente possamos merecer alcançar mais uma época descrita pelos profetas: “A terra estará cheia do conhecimento de D’us, como as águas cobrem o mar.” (Isaías 11:9)

(Extraído do prefácio do livro Torah Mail)

baixe o App do Legal Saber no seu celular e desfrute de conteúdo judaico exclusivo


Legal Saber JUDAÍSMO!
Estudando a filosofia chassídica
Um rebe no inferno nazista
Artes Plásticas e Judaísmo: “Os Quatro Vagões de Sobrevivência” de Gershon Knispel
Templos, profetas e sábios
Um memorial para a imigração judaica no Brasil
Rashi – O mestre do povo judeu
O sentido da oração
O Brasil recebe as comunidades judaicas
Criptojudaísmo e conversos
Reencarnação e Judaísmo
OS JUDEUS ORIUNDOS DO EGITO
Como o judaísmo encara os objetos voadores não identificados e a possibilidade de vida em outros planetas?
Não adianta transmitir um judaísmo adaptado e maquiado, Judaísmo é um privilégio.
O tesouro dos conselhos do Rebe de Lubavitch
A Rainha Ester nos dias de hoje
A sabedoria do Rei Salomão: Provérbios
A grande dedicação de Ruth, mulher exemplar
A sabedoria do Rei Salomão: Cântico dos Cânticos
A SABEDORIA DO REI SALOMÃO: ECLESIASTES
O significado do 45º aniversário
Usando a tecnologia a favor da Torá
Tratado sobre as ressurreição de Maimônides
Os três componentes do universo
RABI LEVI YITSCHAK DE BERDITCHEV – O DEFENSOR DO POVO JUDEU
O HOLOCAUSTO NÃO É UM CASTIGO
Ouvindo as mensagens da vida
OS JUDEUS NOS PAÍSES MUÇULMANOS
A ESTRUTURA DO TANACH (A BÍBLIA JUDAICA)
O respeito devido à oração do Cadish
O perigo das drogas e dos vícios
O perigo da alienação e do casamento misto
O pensamento chassídico sobre a Criação
O papel da mulher no Judaísmo
ALEPO, EXEMPLO DE ERUDIÇÃO E BENEVOLÊNCIA
O propósito de nossa existência
O BAAL SHEM TOV E O AMOR INCONDICIONAL
Kitsur Shulchan Aruch – A obra prima da lei judaica
JERUSALÉM, OLHO DO UNIVERSO
IMIGRAÇÃO JUDAICA: DE SHTETEL PARA AS COLÔNIAS NO SUL DO BRASIL
PORQUE CONTAR AS HISTÓRIAS CATIVANTES DO REBE DE LUBAVITCH?
DESENVOLVENDO NOSSO CARÁTER
Fé e ciência
Dando sentido e significado em nossa vida
OS CONFLITOS NA TERRA SANTA
Casher hoje
+