Pérolas de Torá – Parashá Tetsavê

Parashá TetsavêPérolas de Torá

Experimente navegar pelo efeito "flipbox". Toque em cada trecho de texto e veja a outra parte.

No final da porção, nós encontramos a Ordem Divina de fazer um altar de ouro, um altar pequeno, e este altar é chamado o altar do incenso. Então no templo menor havia dois altares:

Um altar que é chamado altar externo – misbeach chachitzon – que era de cobre, servindo às oferendas diárias, enquanto que havia um outro altar dentro do Santuário, que era um altar de ouro pequeno onde poderia ser trazido apenas incenso.

E quando o Cohen trazia incenso, ele tinha que estar sozinho com D’us, e ninguém ao redor. Ninguém podia entrar lá. Dizem os nossos sábios que o corpo humano, do ser humano, também é um templo menor, um pequeno templo que D’us construiu. Nele tem um altar que é o coração, e coração é Lev.  Também no coração encontramos dois níveis:

1) a parte externa do coração e 2) a parte íntima do coração. Significa então que, no coração, tem um fogo, assim como no altar, o amor a D’us, o entusiasmo com que fazemos as coisas, com calor, emoções… Porém há dois níveis: 1) no altar externo ou a parte externa do coração é para as coisas físicas, as oferendas físicas – comer, beber, passear, coisas importantes para saúde, mas lá há apenas um amor externo, amor superficial, a gente não se coloca com toda força e com todo entusiasmo; é apenas a parte para oferendas físicas.

Quando se trata do amor interno do coração, isto significa amor por D’us, Torá, Tefilá (reza), Maassim Tovim (boas ações) – quando a pessoa reza, estuda, quando se dirige a D’us, lá tem que haver na verdade a parte íntima do coração, sem alarde, sem ninguém, apenas você com D’us.

Trata-se de um amor íntimo, amor forte, com um entusiasmo máximo que precisa ser colocado nesta parte que é o incenso espiritual, que são as nossas ações dirigidas a D’us. Se nós fazemos desta forma, automaticamente, da mesma forma que no Grande Templo D’us estava pairando, D’us estará abençoando nossos feitos. Amém.