Aproveito o gentil convite feito a mim para escrever algumas linhas sobre educação judaica para parabenizar a Escola Beit Yaacov, que em tão pouco tempo conseguiu reunir um número tão grande de alunos, dos mais diferentes bairros e comunidades. Tal façanha é digna do mais alto louvor, principalmente neste momento em que muitas escolas lutam contra a diminuição do número de alunos. Escrevo algumas reflexões sobre a educação judaica que podem servir de inspiração para pais e mestres.
“Eduque a criança segundo seu caminho; mesmo quando envelhecer, ela não se desviará dele” (Provérbios 22-6). Este adágio pronunciado pelo mais sábio dos homens, o Rei Salomão, reflete a educação ideal e verdadeira, aquela que ficará gravada para sempre na mente e no coração da criança, e dela não se desviará. Apesar de ser uma tarefa da mais alta importância — senão vital —, requerendo o esforço adequado, não é algo impossível de se alcançar.
Os pais devem escolher a escola adequada, que utilize métodos modernos e professores tementes a D’us. Mas isso não dispensa a atenção deles. Muito mais do que os presentes dos pais, os filhos precisam da presença deles.
Para tanto, os pais devem ser os primeiros a educá-los, servindo como um exemplo daquilo que pregam com amor e dedicação, alicerçados pelos ideais judaicos, conforme descritos na Torá e em nossos livros sagrados. É muito mais importante proporcionar uma educação judaica na mais tenra idade, pois isso deixará uma “impressão” para sempre.
Quem tiver a oportunidade de receber uma educação judaica desde o berço estará muito mais preparado para enfrentar as tempestades da vida e as influências da sociedade. Se, porventura, este indivíduo vier a se afastar desses valores, ele acabará retornando. Nossos sábios dizem que o que se aprende quando criança fica gravado na alma e jamais será esquecido. É um erro grave pensar que a educação judaica começa aos 13 anos, com o Bar Mitsvá.
A escola judaica, por sua vez, deve formar uma parceria perfeita com os pais. Assim como os pais precisam se comprometer e dedicar o seu tempo para ensinar aos seus filhos, o colégio judaico deve ser um exemplo de escola em todos os aspectos, tanto na parte laica, como na parte judaica, o que implica em ter professores competentes, que entendam de pedagogia, tenham o ideal e que acreditem no que transmitem. Com estes dois aspectos, um lar judaico identificado e uma escola judaica modelo, estaremos criando e preparando a geração de amanhã: jovens judeus identificados com seu passado e engajados com o futuro da comunidade.
A educação não deve se limitar à simples transmissão de conhecimentos e à preparação para a vida profissional, mas, também — e principalmente —, deve ensejar a aquisição de valores importantes para a vida, formação do caráter, aprendizado do respeito a si próprio, aos pais, mestres e colegas.
 
(Discurso em homenagem à inauguração da Escola Beit Yaacov)

Legal Saber JUDAÍSMO!
Estudando a filosofia chassídica
Um rebe no inferno nazista
Artes Plásticas e Judaísmo: “Os Quatro Vagões de Sobrevivência” de Gershon Knispel
Templos, profetas e sábios
Um memorial para a imigração judaica no Brasil
Rashi – O mestre do povo judeu
O sentido da oração
O Brasil recebe as comunidades judaicas
Criptojudaísmo e conversos
Reencarnação e Judaísmo
OS JUDEUS ORIUNDOS DO EGITO
Como o judaísmo encara os objetos voadores não identificados e a possibilidade de vida em outros planetas?
Não adianta transmitir um judaísmo adaptado e maquiado, Judaísmo é um privilégio.
O tesouro dos conselhos do Rebe de Lubavitch
A Rainha Ester nos dias de hoje
A sabedoria do Rei Salomão: Provérbios
A grande dedicação de Ruth, mulher exemplar
A sabedoria do Rei Salomão: Cântico dos Cânticos
A SABEDORIA DO REI SALOMÃO: ECLESIASTES
O significado do 45º aniversário
Usando a tecnologia a favor da Torá
Tratado sobre as ressurreição de Maimônides
Os três componentes do universo
RABI LEVI YITSCHAK DE BERDITCHEV – O DEFENSOR DO POVO JUDEU
O HOLOCAUSTO NÃO É UM CASTIGO
Ouvindo as mensagens da vida
OS JUDEUS NOS PAÍSES MUÇULMANOS
A ESTRUTURA DO TANACH (A BÍBLIA JUDAICA)
O respeito devido à oração do Cadish
O perigo das drogas e dos vícios
O perigo da alienação e do casamento misto
O pensamento chassídico sobre a Criação
O papel da mulher no Judaísmo
ALEPO, EXEMPLO DE ERUDIÇÃO E BENEVOLÊNCIA
O propósito de nossa existência
O BAAL SHEM TOV E O AMOR INCONDICIONAL
Kitsur Shulchan Aruch – A obra prima da lei judaica
JERUSALÉM, OLHO DO UNIVERSO
IMIGRAÇÃO JUDAICA: DE SHTETEL PARA AS COLÔNIAS NO SUL DO BRASIL
PORQUE CONTAR AS HISTÓRIAS CATIVANTES DO REBE DE LUBAVITCH?
DESENVOLVENDO NOSSO CARÁTER
Fé e ciência
Dando sentido e significado em nossa vida
OS CONFLITOS NA TERRA SANTA
Casher hoje
+