pt Portuguese
en Englishfr Frenchiw Hebrewpt Portuguesees Spanish
Comer laticínios em Shavuot é um costume que envolve diversos motivos. Selecionamos 10  representativos que mostram bem o porquê desse costume.

Assim comer laticínios em Shavuot tem raízes diversas. Elas simbolizam enfim bem o costume judaico de integrar conceitos diferentes que se completam no geral.

10 motivos por que comer laticínios em Shavuot

  1. O versículo diz “devash vechalav tachat leshonecha” – “mel e leite sob sua língua”, comparando então a Torá ao leite.
  2. A palavra “leite” em hebraico (chalav) tem o valor numérico de 40. isso alude enfim aos 40 dias que Moshé permaneceu nas Alturas para aprender a Torá.
  3. Em Shavuot trazia-se uma oferenda especial para o Templo, “minchá chadashá laHashem veshavuotechem”, cujo acróstico forma a palavra mechalav – de leite.
  4. O leite de cor branca alude ao chéssed – bondade. Isso lembra que foi portanto pela Sua Bondade que D’us nos outorgou a Torá. Assim conforme diz o versículo: “lahaguid vaboker chasdecha”, cujo acróstico é chalav – leite.
  5. A outorga da Torá ocorreu no Shabat, quando então receberam as leis da Shechitá (abate religioso) e as proibições alimentícias. Logo, era preciso casherizar os utensílios, o que não é permitido em Shabat, restando apenas a opção de comer laticínios.
  6. O Monte Sinai tem oito nomes diferentes e um deles então é Gavnunim, cujo significado é “branco como o queijo”.
  7. O leite é o alimento essencial dado às crianças pequenas. Assim, beber leite em Shavuot lembra que a Torá exige humildade e pequenez.
  8. Assim como em Pessach lembramos as duas oferendas (Pessach e Chaguigá), em Shavuot as refeições de carne e leite lembram a oferenda de Shtei Halechem (dois pães) que era trazida.
  9. Até a outorga da Torá alguns não consumiam leite, pois pensavam que era proibido por ser parte de um animal vivo. Quando ouviram do Sinai a proibição de misturar carne com leite, entenderam que o leite em si é permitido, e assim comemoraram bebendo leite.
  10. Moshé foi retirado das águas do Nilo no dia 6 de Sivan (Shavuot),. Ele, pois, apenas aceitou mamar de uma israelita; lembramos isso bebendo leite.

 

Leia e/ou imprima este artigo em PDF

baixe o App do Legal Saber no seu celular agora!


Você sabia que o mestre chassídico BAAL SHEM TOV faleceu em Shavuot?

Mais um volume da série Faróis da Sabedora. Baal Shem Tov.

Rabi Israel Baal Shem Tov faleceu no primeiro dia de Shavuot (6 de Sivan), aos sessenta e dois anos. Não deixou obras escritas, mas seus ensinamentos e doutrinas foram registrados por seus discípulos e publicados em suas obras e coletâneas especiais.

INFORMATIVO LEGAL SABER

ACENDIMENTO DAS VELAS DE SHABAT 

LocalidadesVelas de Shabat para 26/07/19HorárioFinal do Shabat 27/07/19Horário
S. PauloAcendimento das Velas:17:21Término do Shabat:18:17
R. de JaneiroAcendimento das Velas:17:09Término do Shabat:18:05
Belo HorizonteAcendimento das Velas:17:16Término do Shabat:18:11
Recife Acendimento das Velas:16:58Término do Shabat:17:51
SalvadorAcendimento das Velas:17:05Término do Shabat:17:59
CuritibaAcendimento das Velas:17:29Término do Shabat:18:26
Porto AlegreAcendimento das Velas:17:28Término do Shabat:18:26
Fonte: chabad.pt

 

LEGAL SABER ESCLARECE AS PRINCIPAIS DÚVIDAS SOBRE JUDAÍSMO

 

 


ACESSO RÁPIDO AO CONTEÚDO