pt Portuguese
en Englishfr Frenchiw Hebrewpt Portuguesees Spanish
H
oje em dia, quando muitos estão preocupados em viver uma vida mais significativa e sadia, materialmente e espiritualmente, muito se fala sobre alimentação saudável.

A princípio, a Cashrut (dieta alimentar judaica) desempenha um papel vital para a preservação do povo judeu. A Torá, que é a sabedoria Divina, nos ensina pois de forma detalhada a dieta alimentar apropriada para um judeu. É assim que se promove uma alimentação saudável .

Como em todos os mandamentos Divinos, o cumprimento deste preceito só nos traz benefícios; já uma alimentação não adequada para o judeu, além dos prejuízos físicos, D’us nos livre, ainda dificulta as suas aspirações espirituais.

Os livros místicos dizem que tais alimentos dificultam nossa capacidade mental e sensibilidade emocional, prejudicando nosso serviço ao Criador.

Por outro lado, a Torá também zela pela nossa saúde física, conforme podemos constatar nos diversos detalhes do Código da Lei Judaica.

Como diz o Alter Rebe, o primeiro Rebe de Lubavitch: “Não podemos sequer imaginar como o corpo de um judeu é querido por D’us”. Seu mestre, o Maguid de Mezritch, dizia: “Um pequeno orifício no corpo e um grande buraco na alma”.

Alimentação saudável promove um veículo saudável

Ambos então ressaltavam a importância de a pessoa possuir um veiculo saudável para a alma Divina poder se expressar. Os cientistas, na sua linguagem, dizem: “mens sana in corpore sano”. Assim, pois, hoje em dia muito se fala e se pesquisa sobre a medicina psicossomática.

Entre as diversas opiniões sobre as leis e costumes alimentares. Maimônides — grande legislador, filósofo e médico — afirma: “Garanto que todo aquele que seguir estas orientações não ficarão doente em toda a sua vida, nem precisarão de médico, e seu corpo será sadio e perfeito” (Codex Mishné Torá, Hilchot Deot, 4:20).

Porém, outro grande sábio, Rabino Yitschac Abarbanel, contesta a visão de Maimônides, sustentando pois que as leis Divinas não nos foram outorgadas por motivos de saúde.

Todavia, todos concordam que estas leis são tão saudáveis para o corpo como para a alma judia. Ate a medicina moderna já comprovou que vários alimentos proibidos não são saudáveis. Assim, enquadram-se nessa lista os frutos do mar, a carne suína, a mistura de carne e leite, etc.. São alimentos prejudiciais à saúde. A medicina também comprova que a qualidade da alimentação afeta diretamente a saúde física e mental do ser humano.

(Extraído do prefácio do livro Kosher Light – Saúde e Sabor)

Baixe ou imprima este texto em PDF

Baixe o App do Legal Saber no seu celular e desfrute de conteúdo judaico qualificado


INFORMATIVO LEGAL SABER

ACENDIMENTO DAS VELAS DE SHABAT 

LocalidadesVelas de Shabat para 19/07/19HorárioFinal do Shabat 20/07/19Horário
S. PauloAcendimento das Velas:17:18Término do Shabat:18:15
R. de JaneiroAcendimento das Velas:17:06Término do Shabat:18:02
Belo HorizonteAcendimento das Velas:17:14Término do Shabat:18:09
Recife Acendimento das Velas:16:57Término do Shabat:17:50
SalvadorAcendimento das Velas:17:03Término do Shabat:17:57
CuritibaAcendimento das Velas:17:26Término do Shabat:18:23
Porto AlegreAcendimento das Velas:17:24Término do Shabat:18:23
Fonte: chabad.pt

 

LEGAL SABER ESCLARECE AS PRINCIPAIS DÚVIDAS SOBRE JUDAÍSMO

 

 


ACESSO RÁPIDO AO CONTEÚDO