Um breve introito ilustra a força da oração:

Era uma vez, há muitos e muitos anos, um vendedor de relógios que ia de uma cidade a outra, levando sua mercadoria.

Um dia então chegou a um pequeno lugarejo e vendeu relógios a todos os seus habitantes.

Algum tempo depois de sua partida, todos os relógios igualmente quebraram e acabaram sendo esquecidos, por seus proprietários, em algum canto de gaveta, com exceção de um cidadão que, por força do hábito, diariamente dava corda em seu relógio.

Um dia, o mesmo vendedor retornou ao pequeno lugarejo, sendo imediatamente procurado pelos seus moradores que lhes pediram para consertar os relógios.

Após examiná-los, disse que poderia consertar apenas um, aquele cujo dono dera corda todos os dias. Os demais estavam enferrujados e, portanto, destruídos para sempre.

Baixe o App do Legal Saber no seu celular e desfrute de conteúdo judaico autêntico